Buscar

Queda de helicóptero - dono do Hotel Glória

Atualizado: 10 de Mar de 2019

No dia 4 de janeiro de 1998, um fato chamou logo a atenção de quem estava no plantão: a queda de um helicóptero que matou o dono do Hotel Glória, no sul do estado do Rio de Janeiro. Esta notícia mostra muito bem como uma apuração se dá - um quebra-cabeças que vamos montando aos poucos!

A notícia nem sempre chega completa e de uma só vez! Esta, por exemplo, veio em partes. Primeiro, ficamos sabendo sobre a queda de um helicóptero, no mar, perto da localidade de Portogalo, em Angra dos Reis, a 151 quilômetros do Rio. Demorou para sabermos que no acidente morreu o dono do hotel Glória, um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro. As primeiras informações davam conta da queda de um helicóptero com 4 passageiros e o piloto. Eles foram resgatados por uma lancha que passava pelo local, mas o helicóptero afundou antes que Eduardo Tapajós, de 68 anos, pudesse ser retirado. Um dos passageiros é Maria Clara Tapajós, mulher do diretor-presidente do hotel. Os outros dois seriam amigos do casal. Quando descobrimos isso, a reportagem virou e teve uma repercussão bem maior.


O hotel Glória é local do Rio preferido por muitos presidentes da República para se hospedarem. Os ex-presidentes José Sarney e Itamar Franco só se hospedavam nele quando eram presidentes e até hoje ficam no hotel quando estão no Rio.


54 visualizações

Assine nossa newsletter

Este site foi orgulhosamente criado por Pereggrin Comunicação no ano de 2018 - Direitos Reservados
Rio de Janeiro - São Paulo - Goiânia - Brasília - Belém
SSL HTTPS.png