top of page
Buscar

Maior tragédia climática causa 506 mortes

Atualizado: 10 de mar. de 2019



Na maior tragédia climática do país, que ocorreu na Região Serrana do Rio de Janeiro em 2011, a cobertura jornalística deste dia nos mostrou a importância de sermos ágeis para mobilizar toda estrutura da reportagem e da edição. Apuradores, produtores e chefes de reportagem, todos empenhados no envio dos repórteres para os locais estratégicos e com segurança. Editores na busca de imagens e sonoras que pudessem contar a tragédia que deixou 506 pessoas mortas. Imagens fortes e depoimentos dramáticos de sobreviventes.


O empenho do editor-chefe para montar um jornal que pudesse retratar a tragédia com reportagens sobre as áreas atingidas pela chuva, o trabalho das equipes de resgate aos soterrados, a chegada dos corpos no IML, bem como o número de desaparecidos e o atendimento das vítimas em abrigos das prefeituras. Produtores e chefes de produção já trabalhando nas suítes para explicar essa repetição de tragédias no Rio de Janeiro, como a falta de controle e planejamento no crescimento das cidades. Coberturas que movimentam uma redação, nos fazem crescer como profissionais e como pessoas, mas que certamente tocam corações em todos os cantos do país.


1 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires

Les commentaires n'ont pas pu être chargés.
Il semble qu'un problème technique est survenu. Veuillez essayer de vous reconnecter ou d'actualiser la page.
bottom of page